Work in Parliament Parecer de Maria da Graça Carvalho sobre Inteligência Artificial aprovado por ampla margem na comissão FEMM

Committees FEMM | 11-09-2020

O parecer da eurodeputada do PSD Maria da Graça Carvalho sobre a inteligência artificial (IA) na educação, na cultura e no sector audiovisual, foi ontem aprovado por ampla margem na Comissão dos Direitos das Mulheres e da Igualdade dos Géneros (FEMM).

No total, o parecer da FEMM, dirigido à Comissão da Cultura e da Educação (CULT), recebeu 28 votos favoráveis e apenas três contra, registando-se ainda quatro abstenções.

No documento, Maria da Graça Carvalho defende um conjunto alargado de medidas destinadas a aumentar a participação das mulheres na inteligência artificial, tanto como consumidoras como criadoras, recordando que, “globalmente, apenas 22% dos profissionais da IA são do sexo feminino”.

Entre essas medidas está precisamente uma atuação decidida “em todos níveis do sistema de educação, nos meios culturais e no audiovisual”.

São igualmente abordadas as diferentes implicações desta tecnologia, com a deputada a considerar que “a Comissão Europeia e os estados-membros devem ter em consideração aspetos éticos, incluindo de uma perspetiva de género, quando definem políticas relativas à Inteligência Artificial".

Reagindo à votação desta quinta-feira, Maria das Graça Carvalho disse estar “grata por se ter conseguido um consenso significativo entre as várias forças políticas, relativamente a um tema de grande importância para o futuro da nossa sociedade”.

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.