Imprensa

Imprensa

UE/Emprego: Eurodeputados do PSD levam à plenánia do Parlamento Europeu proposta "Erasmus primeiro emprego" (LUSA)

2009-10-14

A proposta da criação de um programa Erasmus para jovens à procura do primeiro emprego, dos eurodeputados do PSD, será votada este mês, na sessão plenária de Estrasburgo, após ter sido hoje aprovada pelo Partido Popular Europeu.

A criação de um "Erasmus primeiro emprego" foi um compromisso eleitoral do PSD, na campanha para as eleições do Parlamento Europeu, em Junho.

"Demos agora um novo passo ao conseguirmos junto do grupo PPE aprovar a ideia de criar um programa europeu para o primeiro emprego semelhante ao Erasmus e que seja destinado a todos os jovens dos 27", disse o eurodeputado Paulo Rangel.

O eurodeputado acrescentou ainda que "a ideia é em primeiro lugar alargar o conceito do Erasmus aos jovens que não têm formação superior, mas também estimular a mobilidade e a criação de emprego".

"O passo que demos esta semana, ao conseguirmos levar a votos já no início da próxima semana a nossa proposta apresentada no âmbito do orçamento da UE para 2010, é já uma primeira vitória", disse.

Durante a campanha eleitoral, a proposta da criação do programa "Eramus primeiro emprego" originou um "fait-divers" sobre a papa maizena, envolvendo Rangel, o então ministro da Economia Manuel Pinho e o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, Basílio Horta. (IG)