Imprensa

Comunicados

Sessão Plenária: Graça Carvalho pede a UE para activar mecanismos de emergência para as populações afectadas pela Catástrofe de Tomar

2010-12-13 - Informação à Imprensa

A deputada apelou à Comissão Europeia e ao Conselho Europeu no sentido de flexibilizarem o Fundo de Solidariedade para que seja aplicável, com a devida celeridade, neste e noutros casos semelhantes

Estrasburgo, 13 de Dezembro de 2010.- A deputada europeia do PSD declarou na Sessão Plenária do Parlamento Europeu que o tornado que assolou Portugal na terça-feira passada provocou "enormes danos" na região de Tomar.

Maria da Graça Carvalho lembrou que "Este tipo de catástrofes naturais são, infelizmente, cada vez mais frequentes" e instou à Comissão Europeia e ao Conselho Europeu para "disponibilizarem mecanismos de emergência que permitam uma intervenção rápida na ajuda às populações afectadas"

Segundo a deputada, o papel da UE é de uma importância "fundamental, pois dispõe de instrumentos, como o Fundo de Solidariedade, que pretendem responder a este tipo de problemas. No entanto, é indispensável que estes mecanismos sejam activados e aplicados de uma forma célere, flexível e simplificada".