Imprensa

Comunicados

Eurodeputados reforçam laços entre a União Europeia e Cabo Verde

2012-10-25 - Informação à Imprensa

A convite do Presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Basílio Mosso Ramos, uma delegação do Grupo de Amigos de Cabo Verde do Parlamento Europeu, da iniciativa da deputada europeia de origem português Maria da Graça Carvalho, desloca-se ao país de 28 a 31 de Outubro no âmbito das celebrações do 5º aniversário do estabelecimento formal da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia.

A delegação será constituída por Membros do Parlamento Europeu e o objectivo é reforçar a amizade e a cooperação entre o Parlamento Europeu e a Assembleia Nacional de Cabo Verde. Durante a visita ao país, os deputados europeus também discutirão a possibilidade de Cabo Verde participar nos projectos do Horizonte 2020, o futuro Programa Quadro Europeu de Investigação e Inovação, a vigorar entre 2014 e 2020. Maria da Graça Carvalho é relatora do Parlamento Europeu para o programa específico de execução do Horizonte 2020, o qual será votado na Comissão de Indústria do Parlamento Europeu no próximo 28 de Novembro.

A eurodeputada portuguesa considera que Cabo Verde é "uma história de sucesso, não só como país, mas também no que diz respeito às suas relações dentro do continente africano bem como nas suas relações com a União Europeia". Cabo Verde é também o único país do continente africano que tem uma parceria especial com a União Europeia.

Nos próximos dias, está previsto que os eurodeputados visitem projectos financiados pela EU, a Sessão Plenária no Parlamento e mantenham encontros com o Presidente da Assembleia Nacional, com o Ministro do Ensino Superior Ciência e Investigação, com o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e com o Ministro da Cultura.

O Grupo de Amizade com Cabo Verde do Parlamento Europeu foi criado em Junho de 2012, por iniciativa de Maria da Graça Carvalho. A deputada, que é co-Presidente da Comissão do Desenvolvimento Económico, Finanças e Comércio da Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE (África, Caraíbas, Pacífico - União Europeia), pretende com esta iniciativa, "aprofundar as relações entre Cabo Verde e a União Europeia em matérias de desenvolvimento sustentável, energia, investigação científica, educação e política de vizinhança, entre outros".

Maria da Graça Carvalho acredita que a Europa "precisa de reforçar a sua vertente Atlântica. A criação de uma região Atlântica estreitaria as relações entre a costa sul-ocidental europeia, as regiões ultraperiféricas e os países ACP vizinhos, como Cabo Verde. Esta iniciativa contribuiria para melhorar a cooperação nos transportes, na segurança energética, no intercâmbio científico, no desenvolvimento do turismo, na segurança e na luta contra a imigração ilegal."