Imprensa

Comunicados

Eurodeputada do PSD encontra-se com Ramos Horta em Díli para preparar a sua visita ao Parlamento Europeu em Outubro e a conferência "Rumo à Paz e à Democracia na Birmânia"

2010-08-13 - Informação à Imprensa

Maria da Graça Carvalho define também o papel fundamental da Ásia na próxima COP16 na qual a eurodeputada representará o grupo do Partido Popular Europeu

A eurodeputada do PSD, Maria da Graça Carvalho, visitou Timor-Leste na qualidade de Presidente da Comissão do Desenvolvimento Económico, Finanças e Comércio da Assembleia Paritária ACP-UE. 

Durante esta visita, Maria da Graça Carvalho manteve um encontro bilateral com o Presidente da República Dr. Ramos Horta, onde entre outros assuntos foram abordados a visita do Presidente ao Parlamento Europeu e a sua alocução em Plenário, bem como a sua participação como orador principal na Conferência "Rumo à Paz e à Democracia na Birmânia", que está a ser organizada por Maria da Graça Carvalho no Parlamento Europeu, e que terá lugar em Outubro.

No âmbito da discussão sobre o papel de Timor Leste no contexto asiático, a eurodeputada definiu com o Presidente de Timor que a solução para o impasse das negociações internacionais no que diz respeito às alterações climáticas deve passar essencialmente pela Ásia, já que 50% da população se encontra nesta zona do globo onde as emissões de gases com efeito de estufa mais crescem. Por isso foi definido que a Ásia deverá ter um papel preponderante no encontrar de uma solução para as alterações climáticas na próxima COP16 que decorrerá em Dezembro deste ano em Cancun.

Na reunião também foi discutido o papel de Timor Leste no seio da ASEAN Associação das Nações do Sudeste da Ásia.

Durante esta estadia na capital Timorense Maria da Graça Carvalho, também visitou o Parlamento Nacional, e manteve encontros bilaterais com o Secretário de Estado para a Politica Energética, as representações europeias presentes em Timor Leste, com o Reitor da Universidade Nacional de Timor Leste, com o Director do Banco Mundial em Timor, e com o Vice-Ministro das Finanças.

O objectivo destes encontros foi definir as estratégias de desenvolvimento no âmbito do Fundo Europeu para o Desenvolvimento-FED, bem como outros assuntos políticos de interesse para a UE e para Timor, como por exemplo, a situação na Birmânia e as estratégias regionais de Timor como membro da ACP e da ASEAN.

Maria da Graça Carvalho foi também convidada pelo Primeiro-Ministro, Kay Rala Xanana Gusmão e pelo Presidente da República, José Ramos-Horta para assistir à Cerimónia de Reflexão do 3.º aniversário de Governação da Aliança de Maioria Parlamentar (AMP) do IV Governo Constitucional da República Democrática de Timor-Leste que decorreu no Palácio Nobre de Lahane.