Imprensa

Comunicados

Diálogo Windhoek: Maria da Graça Carvalho reúne com a União de partidos africanos para a democracia e desenvolvimento (UPADD) na Namíbia

2010-10-28 - Informação à Imprensa

A deputada Maria da Graça Carvalho, na qualidade de co-Presidente da Comissão do Desenvolvimento Económico, Finanças e Comércio da Assembleia Parlamentar Paritária África-Caraíbas e Pacífico-UE do Parlamento Europeu, participa na Reunião sobre o Diálogo de Windhoek que decorre entre o 29 de Outubro e o 1 de Novembro de 2010 na capital da Namíbia.

Maria da Graça Carvalho é a única portuguesa presente na comitiva de oito pessoas que representará o PPE -Partido Popular Europeu-, o maior grupo político do Parlamento Europeu.

Esta reunião pretende preparar uma declaração para a próxima cimeira UE-África; discutir os diversos assuntos nacionais que serão apresentados pelos UAPDD; bem como informar os participantes Africanos sobre a entrada em vigor do Tratado de Lisboa e as consequências nas relações externas e a acção da UE para combater os efeitos da crise económica mundial.

Maria da Graça Carvalho sublinha "a importância de estreitar laços entre os dois continentes" e declara que este diálogo supõe "uma troca de experiências, informação e capacitação entre os partidos da mesma área política".

O Diálogo de Windhoek é uma iniciativa de política africana do Grupo PPE, lançada em Março de 1996 em Windhoek, capital da Namíbia, com cinco parceiros africanos de países anglófonos da África Austral e Oriental. A UAPDD congrega hoje mais de 25 partidos políticos de 24 países africanos.

Através do diálogo de Windhoek e da facilitação e apoio às estruturas e reuniões da UAPDD, o Grupo PPE, com o auxílio da Fundação Robert Schuman e da Fundação Konrad Adenauer, continua a canalizar a sua contribuição para a boa governação e o processo de democratização em África.

Programa: Nos dias 29 e 30 de Outubro estão previstas reuniões com a UAPPD sendo a abertura da sessão do Diálogo Windhoek no dia 30. Em 31 de Outubro terá lugar o debate dos assuntos nacionais apresentados pelos participantes da UAPDD bem como os assuntos actuais da Europa (crises económica, segurança, imigração, etc). O último dia da reunião está reservado para as conclusões da sessão de trabalho (Declaration to the Africa - Europe Summit).