Imprensa

Comunicados

Centrais nucleares na Europa: Maria da Graça Carvalho pede a Comissão Europeia um plano ambicioso em matéria de energias renováveis e eficiência energética

Centrais nucleares na Europa: Maria da Graça Carvalho pede a Comissão Europeia um plano ambicioso em matéria de energias renováveis e eficiência energética

2011-03-16 - Informação à Imprensa

Na reunião da Comissão de Indústria, Energia e Investigação que decorreu ontem no Parlamento Europeu, o Comissário Europeu da Energia, Günther Oettinger qualificou de "apocalíptica" a situação que atravessa o Japão após o acidente na central nuclear de Fukushima.

Maria da Graça Carvalho, membro da comissão de Indústria, Energia e Inovação, e presente na reunião, declarou que "os recentes acontecimentos de Japão obrigam-nos a pensar numa nova abordagem para a Europa em matéria nuclear ".

A deputada europeia, afirmou que "tendo em conta que há reactores em 17 países da UE, temos de ter a certeza que estes são seguros, para evitar possíveis tragédias como a que está a acontecer no Japão. Por isso, é necessário revistar os critérios de todas as centrais nucleares europeias, nomeadamente as mais antigas". Também declarou "a importância de fazer testes nos países vizinhos como a Rússia, a Turquia e a Suíça".

Maria da Graça Carvalho pediu a Comissão Europeia "um plano ambicioso nesta área. Europa deve apostar nas energias renováveis e na eficiência energética, e abordar definitivamente o assunto das alterações climáticas". 

A concluir, a deputada europeia congratulou-se com o anuncio de que Nicolas Sarkozy irá discutir a questão nuclear na próxima cimeira do G20.